Quando estiver a visitar uma praia de nidificação, faça-o com um guia profissional e experiente que possa garantir a segurança tanto sua como das tartarugas.
    
As tartarugas, quando estão a pôr os ovos, são muito sensíveis a qualquer perturbação que pode mesmo impedi-las de o fazer. Lembre-se que as tartarugas marinhas são animais selvagens e em perigo; nem sempre está garantido que se possa ver uma tartaruga a pôr ovos.    
 
Não use luzes que podem afectar tanto as fêmeas que estão a pôr ovos como os bebés-tartaruga. Nunca use flash a fotografá-las.    
 
Fique sempre com o seu guia para evitar surpreender uma tartaruga. Caminhar sobre areia molhada evita que apanhe de surpresa uma tartaruga que está a pôr ovos ou os filhotes que saem dos ovos. Se deparar com uma tartaruga a sair da água, fique imóvel e deixe-a sair.    
 
Espere que o seu guia lhe diga quando é que se pode aproximar. Normalmente é só depois de ela começar a pôr os ovos.    
 
Fique sempre atrás da tartaruga, fale baixo e ande devagar. Dê-lhe espaço suficiente para ela regressar ao mar.
    
Esteja alerta para os bebés-tartaruga; tenha cuidado para não os pisar.    
 
Não lhes toque. Pode ajudá-los, tirando o lixo do caminho e alisando a areia. Se lhe parecer que estão a ir pelo caminho errado, telefone para o centro de tartarugas mais próximo (na Ilha do Sal 974 5020).    
 
Informe sobre comportamentos suspeitos. Telefone para o 974 5020 ou chame um agente da polícia.
 
 
Recomendações para uma observação
em segurança